canais iacc

  • Receba notícias de nossos cursos!


    Receber em HTML?

newsletter

acesso restrito

blog

O que é comportamento?

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Twitter

Comportamento é comportamento. Não é óbvio? A resposta é não. Em se tratando de ciência, pode existir uma complexidade no que o senso comum entende como sendo o óbvio. Mas antes de responder a essa pergunta, creio que seria igualmente produtivo começar com um pequeno faz de conta. Imagine que no tempo de Alexander Graham Bell, tido por muitos como o inventor do telefone, alguém lhe apresentasse um smartphone. Para Graham Bell, a partir do que o seu tempo lhe permitiria, talvez não fosse possível chamar um IPhone de telefone, ao menos não na concepção da palavra. Os paradigmas são outros.

 

Lembre-se de que o conceito de aparelho telefone daquela época tinha como única caracterização o fazer e receber chamadas.  

 

Até o presente momento é possível tirar fotos com um smartphone, agendar compromissos, controlar gastos, fazer cálculos, jogar, pagar uma conta ou fazer uma conferência com muitas pessoas. Ambos os aparelhos, antigo e novo, poderiam ser definidos como sendo telefone, mas isso é particularmente verdade para nós que vivemos em 2011. 

 

Vamos aos conceitos da psicologia. A psicologia tradicional e a psiquitria concebem uma divisão arbitrária entre mente e corpo, entendendo o comportamento como sendo apenas nossas ações públicas, passíveis de serem observadas pelo outro. Já os pensamentos e sentimentos seriam outra coisa, algo mais nobre. Daí a necessidade da criação de uma mente - a mente seria a causa dos pensamentos e das emoções, um lócus priveligiado. Mas acredite, a mente é formada por algum “estofo/substância” ainda não explicado cientificamente. Ela continua sendo apenas um conceito, não algo que exista de fato na natureza. 

 

Nesse sentido arbitrário, o emocionar, o sentir, o pensar, imaginar, resolver problemas ou tomar decisões, não seriam comportamentos. Isso ocorre porque somente a pessoa teria acesso as suas reações privadas e ninguém mais. Essa explicação de comportamento equivale a um telefone comum.  Mas claro, ainda assim ela continua sendo um telefone que faz ligações. 

 

Vamos agora para a definição de comportamento na Psicologia Comportamental ou Análise do Comportamento. Para ela, comportamento é a relação do indivíduo com o seu mundo. Nessa relação o indivíduo modifica o seu ambiente e é por ele modificado. Essa relação de interação, entre comportamento e o ambiente em que ele ocorre, é o que concede à ciência comportamental seu caráter contextual de análise. Nesse sentido dizemos que o comportamento é função de sua relação com o contexto, presente e passado. Interessa a história genética da espécie, a história pessoal da pessoa que se comporta e a cultura em que esta se encontra.

 

Dentro dessa concepção, o pensamento e os sentimentos também seriam comportamentos pois eles são nossas interações com o mundo. Mas permita-me exemplificar melhor. Imagine que estou triste em meio a um café, quando me assolam alguns pensamentos referentes a um episódio de briga com meu melhor amigo. Um colega poderia me perguntar “por que você está tão quieto?”, e eu facilmente lhe responderia “porque estou lembrando da briga que tive com fulano”. Mas a despeito dessa explicação ser uma usual que damos no nosso dia a dia, seria talvez mais produtivo perguntar, “o que levou você a ter esses pensamentos?”. E a resposta, esta, retornaria nossa atenção para a minha relação de interação com o mundo – "tenho brigado muito com meu amigo".

 

Essa concepção mais ampla de comportamento dá a oportunidade única para que possamos intervir em nosso mundo. Para mudar os pensamentos e sentimentos negativos, eu poderia tentar não pensar no problema, ou vê-lo sobre outro "ponto de vista". Mas o alcance disso é pequeno, vide a limitação dos livros de auto-ajuda. Mais efetivo seria eu resolver minhas pendências diretamente com o meu amigo. Se eu tiver sucesso em fazê-lo, então talvez eu tenha outros pensamentos com relação ao amigo, e sentimentos muito mais nobres. Em síntese, os sentimentos e pensamentos não acontecem no vácuo.

 

Não é difícil entender o comportamento público ou privado como sendo a relação do indivíduo com o seu ambiente, assim como não é difícil para nós entender que um smartphone envolve muito mais que um telefone do Graham Bell. 

Comentários   

0 #7 IACC - O que é comportamento?Sunny Health and 20-11-2014 17:55
popcorn, underwear, kerosene, toilet paper, flowers, eggs, pornography, rhinoceros beetles, neckties, batteries, sneakers and dry ice.
As stated previously some downsides are that a treadmill will
put more pressure on your joints and it is hard to say just
how much more calories a treadmill can burn in case of
an elliptical. It was not easy, but the amount of money that companies would save in almost every area eventually convinced them
to do so.
Citar | Reportar ao administrador
+1 #6 E.S.CAna Cassia 01-10-2013 08:45
Ótimo, passei a comprrender melhor o comportamento.. . :-)
Citar | Reportar ao administrador
+2 #5 comportamentoisabela serrinha 30-09-2013 15:03
amei.ainda bem,era pra um trabalho pra escola
Citar | Reportar ao administrador
+1 #4 comportamentoAdriana 03-11-2012 00:43
;-)
Citar | Reportar ao administrador
+1 #3 drdfut6iluiza 24-10-2012 16:18
adoreiiiii :-)
Citar | Reportar ao administrador
-1 #2 comportamento.Rui Silva 19-09-2012 05:26
Adorei seu texto, fiquei a perceber melhor o comportamento, está otimo, parabens e um beijo meu para todos voces! me respondam por mail.
Citar | Reportar ao administrador
+2 #1 comportamentoflávia 09-05-2012 14:59
amei o texto...parabén s ;-)
Citar | Reportar ao administrador

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar